11 de nov de 2011

Não sei o que quis dizer com "isso" mais saiu, simplesmente saiu, junto com as lágrimas, que tento enchugar agora.






O amor pode vir ate você de varias maneiras, de vários meios.

O amor te faz acreditar no que não existe, ele te amarra ao mundo que não existe.

Ele te dá prazer quando você menos espera, e te machuca quando você menos quer.

Em alguns casos ele pode ter um ciclo, em outros ele é desregulado.

Ele pode durar pouco, um mês dois meses... Ou ele pode durar muito, um ano dois anos...

Ele nunca vai ser explicável, vai exigir mais do que apenas olhares e mais do que apenas palavras.

Você vai querer sentir como as coisas são, vai sentir vontade de arriscar, você vai..

Sentir uma coisa estranha por dentro. Você pode sentir o calor subir, o frio arrepiar...

Você nunca mais irá pedir ao seu Deus alguém como ele(a),

você poderá viver amando pra sempre, porque é fácil viver amando e ser amada(o) também.

É fácil quando vocês estão perto um do outro.

Difícil é você amar e não ter certeza de que esta sendo amada (o).

Difícil é você amar de longe, apenas por carta, apenas desejando fotos... 

Difícil é você amar de longe e todos os dias sonhar que você poderá senti-lo como você sempre quis...

Difícil é você amar e ser obrigada a dizer Adeus.

Difícil é depois do "Adeus" você ver a vida dele tomando rumo e a sua na "Estaca Zero".

Difícil é ver ele virando as costas pra você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por que compertilhar os meu pensamentos contigo, não pe mais opção, mas uma necesidade.