30 de nov de 2011

Ciúmes





Sinto  ciúmes do seu lençol, do seu travesseiro, do seu espelho, até dos raios de sol que tocam teu rosto, mais ainda do ar que você respira e onde também deixa o teu perfume.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por que compertilhar os meu pensamentos contigo, não pe mais opção, mas uma necesidade.